Governo de Santa Catarina libera trânsito do novo acesso ao Sul da Ilha, em Florianópolis

Governo de Santa Catarina libera trânsito do novo acesso ao Sul da Ilha, em Florianópolis

A liberação do trânsito no trecho é uma primeira etapa da obra, que tem previsão de entrega completa para março de 2020.

Na tarde de sábado, 28 de setembro, foi liberado o trânsito para os motoristas no novo acesso ao Sul da Ilha de Santa Catarina. A abertura garante a ligação à região e ao novo terminal aeroportuário de Florianópolis.

O local recebeu sinalização para indicar todas as mudanças e facilitar o trajeto dos motoristas. Com extensão total de oito quilômetros, a via será liberada com aproximadamente 1,5 quilômetro em pista simples, sendo um trecho no início do lote 1A, do Trevo da Seta até a ponte do Rio Tavares, e em toda a extensão do lote 1B, do viaduto Carianos até o fim do loteamento Santos Dumont. No lote 1B, a pista em mão dupla inicia pelo lado esquerdo da rodovia até o quilômetro 12+100, onde foi realizado um desvio provisório para a pista do lado direito da estrada e segue por ela até a ligação com as pistas duplas do lote 1C, que continuam até a interseção de acesso ao Sul da Ilha.

Continua depois da publicidade

Misturebas - A informação ao seu alcance!

Sendo assim, com essa nova ligação, os motoristas terão mais uma opção para acessar regiões como Ribeirão da Ilha, Pântano do Sul e Campeche, além do novo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Florianópolis.

A liberação do trânsito no trecho é uma primeira etapa da obra, que tem previsão de entrega completa para março de 2020. Quando finalizado, o novo acesso deverá absorver 60% do tráfego da região, que é de aproximadamente 40 mil veículos por dia. Além disso, haverá redução de 22% no custo dos deslocamentos no trecho — menor tempo e gasto de viagem.

Continua depois da publicidade

Misturebas - Anúncio

O investimento final, entre execução e desapropriações, será de aproximadamente R$ 260 milhões. Para garantir a passagem de veículos, desde o começo de 2019, o Governo do Estado fez quase três vezes mais desapropriações de imóveis em comparação aos quatro anos anteriores. De 254 processos, a equipe da Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade (SIE), em parceria com a equipe da Procuradoria Geral do Estado (PGE), solucionou 187 casos de janeiro a setembro deste ano. De junho de 2014 a dezembro de 2018, foram 65 lotes desapropriados.
Os serviços também foram acelerados.

A obra será realizada quase três vezes mais rápida do que nos anos anteriores. Em 15 meses – até março de 2020 – serão executados 40% dos trabalhos, ao passo que, de junho de 2014 até dezembro de 2018, a execução foi de 60%.

 

Fonte: Governo de SC | Fotos: Divulgação
Compartilhe nas suas redes sociais


Sugestão de pauta

Deixe um comentário.


Receba as novidades no seu email


Mais notícias
Atendimento